No último sábado, dia 16 de setembro de 2017, o COURB apoiou a ação de expansão de agrofloresta urbana no Setor Sul de Goiânia, na Praça Wilton Valente Chaves, às margens da Av. Cora Coralina. Trata-se iniciativa da equipe do SobreUrbana e do Coletivo Centopéia. O SobreUrbana foi o vencedor da Mostra de Projetos do I Encontro de Urbanismo Colaborativo, realizado em 2016 em Curitiba, e utilizou o valor da premiação na expansão do Projeto Casa Fora de Casa.

image4

A agrofloresta foi implantada em meados de 2016 e neste ano vislumbrou-se a necessidade de retirar algumas espécies, qualificar o local, e duplicar o número de canteiros. Algumas espécies plantadas no passado tiveram mais sucesso que outras. A experiência é de constante aprendizado e construção.

image1

O projeto se constitui de intervenções culturais e de placemaking no Setor Sul de Goiânia. O setor se caracteriza por áreas verdes com fachadas muradas, já que as residências possuem entradas por outras vias. O projeto do SobreUrbana promove a reapropriação destes espaços pela comunidade local, por meio de intervenções artísticas, culturais e da constituição de hortas e agroflorestas urbanas.

O conceito de agrofloresta se relaciona com a compreensão de como uma floresta funciona, com espécies de diferentes portes e tempos de vida, em oposição à tradicional monocultura típica dos grandes latifúndios. Em outros locais, a agrofloresta também é conhecida como plantação de água, pois ao mesmo tempo que otimiza a renda pela produção de diversos frutos e verduras, promove o renascimento de nascentes.

image3

Na área urbana, a agrofloresta possui grande potencial didático, reconciliando a comunidade não apenas a seus espaços verdes, mas à produção de alimentos e à natureza, reatando uma conexão que tem sido prejudicada com o estilo de vida atual.