No dia 09 de agosto de 2017, o Instituto COURB participou do ENEA – Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura, realizado em Goiânia. O encontro anual, que reúne estudantes de todo o Brasil, é organizado e promovido pela Federação Nacional de Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (FeNEA). Explorando a temática “Da utopia planejada à cidade mercadoria”, foram elaboradas diversas atividades que debateram os mais diversos problemas das cidades metropolitanas, abordando questões como a representatividade de minorias, segregação socioespacial e direito à cidade, e a busca por dinâmicas urbanas mais inclusivas.

A participação do COURB ocorreu na quarta-feira, como convidado na Mesa intitulada “Cidades Colaborativas”, representado pela coordenadora de pesquisas Izadora Laner. Além de apresentar a instituição e suas formas de atuação, o COURB debateu questões de extrema relevância para a construção de cidades mais inclusivas. Juntamente com os outros convidados da mesa, Luis Sarmento e Sandra Marinho da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (CODHAB/DF), e Evaniza Lopes do Movimento dos Sem Terra de São Paulo (MST/SP), discutiu-se a importância dos coletivos e ONGs no empoderamento local para viabilizar a participação cidadã ativa nas cidades, a partir de uma colaboração horizontal entre técnicos e comunidade. Para isso então, é imprescindível valorizar o papel social do arquiteto, a partir da consolidação da assistência técnica pública gratuita às famílias de baixa renda na construção de habitação social (Lei n° 11.888/08), bem como o papel dos movimentos de luta organizados na conquista do direito à cidade.

A equipe do COURB agradece o convite em participar de um evento tão importante na formação de profissionais sensíveis às questões sociais da cidade, bem como a oportunidade de dialogar sobre a importância da colaboração ativa da população na consolidação de cidades mais inclusivas, em conjunto com figuras tão importantes na atualidade.